sexta-feira, dezembro 09, 2005

Os candidatos pobres - ou a pobre Democracia





Afinal havia outros...

E se é verdade que destes, nem todos conseguirão as assinaturas necessárias (alguns nem tentaram), que eu saiba há pelo menos um que já é formalmente candidato.
Da esquerda para a direita (sem leitura ideológica), temos:

José Maria Martins
António Lança de Carvalho
Garcia Pereira
Luís Botelho Ribeiro
Luís Filipe Guerra
Manuel Vieira
Manuela Magno
Nelson Magalhães
Mário Nogueira
Gonçalo da Câmara Pereira
Carmelinda Pereira


e, para além destes, que as notícias da net me deixaram descobrir, ainda houve mais três cidadãos que anunciaram poder vir a ser candidatos:

Menezes Alves (o eterno Soarista que agora pediu para se filiar no PS), José Ferraz Teixeira e Maria Teresa Lameiro.

A profusão de candidaturas é, em si mesma, uma prova de que ainda há cidadãos que vêem a vida política para além dos partidos (e que o afirmam à distância dos mesmos).
Como é evidente, para mim que estou partidariamente comprometido, seria impossível afirmar que uma militância é incompatível com uma candidatura às presidenciais, mas não posso, apesar disso, não reconhecer a importância deste tipo de candidaturas.
São uma espécie de pedradas no charco.

Pela minha parte vou tentar saber mais sobre alguns deles (porque um ou outro já os conheço de outros carnavais...)

www.lancadecarvalho.homestead.com
www.movimentohumanista.com/luisfilipe/
www.nelson-magalhaes.com
www.botelhoribeiro.org
www.josemariamartins.com
www.manuelamagno.com.pt
www.vieira2006.com/
www.garciapereira-presidenciais2006.net
www.recuperarportugal.org
www.pous4.no.sapo.pt/presid.html

Uma última nota: em 19 candidaturas anunciadas, apenas 3 são no feminino.
A mim, que tenho o orgulho de ter apoiado uma das grandes mulheres da política, Maria de Lurdes Pintasilgo, faz-me ter pena deste país.
Acredito que este é um tema para grande reflexão e que não passa, seguramente, pelas quotas mínimas.





12 comentários:

Sulista disse...

Eduardo Leal,

"Gamei" os links para ir
espreitá-los...

Agradeço a informação :-)

Eduardo Leal disse...

Sempre ao dispor.
Estavam lá para isso.
E testei-os...

JoanaLeal disse...

Ola pai!!
Olha ta muito giro o blog!!precisas de um layout novo mas issu arranja-se!!
agora percebo porque e que me falaste dos candidatos no carro, ´r porque postaste um artigo sobre eles no teu blog!!
Olha continua assim que vais bem!!
um beijinho para ti e para o zé!!
Portem-se MUITO mal, ok???

beijinhos!!

Eduardo Leal disse...

Os filhos...

Este é um tema que dava muitos "postes"!

Gostei que viesses aqui!

Sulista disse...

Ah ah ah...os filhos...

Eu achei o comentário do seu filho muito engraçado. Lindo :-)

Bom sábado!

Su disse...

gosto de passar por aqui
jocas maradas

JL disse...

Amigo Eduardo,

Tás tramado, a tua filha já te descobriu e, pior do que isso, faz-te passar um vexame destes: "Olha ta muito giro o blog!!precisas de um layout novo mas issu arranja-se!!" :-) Um destes dias o layout aparece-te modificado com cenas próprias de uma menina adolescente. Nem quero imaginar. Olha vai ser pior que a Sulista em relação ao "A Nossa Pena": Mais para a esquerda... agora mais para a direita... Ok, seus nabos, ainda não está bom mas para maçaricos como vocês... :-)(é uma piada Maria João)

Bom em relação ao artigo: pois... que dizer mais? Está excelente. É o que te safa... Com um layout destes!
É bom para a nossa democracia que apareçam caras distanciadas dos partidos. Pena é que, muitas delas, sejam só e apenas para ganhar alguma projecção mediática. Porque os partidos estão a precisar de um valente abanão... assim do género - Terramoto 1755 e consequente Marquês do Pombal.

blogoexisto disse...

Pois, pois!
Das duas uma: ou o sistema cria dificuldades maiores para que os cidadão se possam mobilizar e formalizar as suas candidaturas ou, a partir do momento em que estes conseguem "ultrapassar" os requisitos exigidos, é necessário assegurar condições de igualdade efectiva para todos!
Este não é um problema dos candidatos... é um problema nosso: é o estado de direito e a constituição que estão em causa.
Só uma pergunta: afinal as candidaturas já estão ou não estão completamente formalizadas? Não entendi a notícia, esta semana, de que o Dr. Manuel alegre tinha sido o segundo a formalizar a sua candidatura... Afinal já saõ candidatos ou só potenciais candidatos?
Em todo caso, a questão não é relevante porque estão todos (ou quase todos) em pé de igualdade e têm tratamentos diferentes!

Eduardo Leal disse...

Exactamente. Deviam ser todos tratados da mesma forma.
Tanto quanto sei, apenas Garcia Pereira já formalizou a candidatura (destes todos)

Menina_marota disse...

Bem... eu vinha com uma conversa séria sobre o tema e a Mulheres na Política, mas ao ler o comentário da Joana Leal, perdi todas as ideias e desatei a rir! Filhos... eheh... parece-me estar a ouvir o meu... ;)

Sobre a sua pergunta no meru blog, claro que me pode linkar. É um prazer!

Um abraço e um sorriso ;)

Eduardo Leal disse...

Mas... então e a conversa séria sobre as mulheres na política?
É que se a gente deixa, os filhos ocupam-nos os espaços vitais, já que sobre os filhos temos assunto para muitos blogs. Ou será que não será sobre os pais e as suas dificuldades em crescer (dos pais, claro)que temos mais tema para blogs?
"crescer", neste caso é claramente um eufemismo.

Anónimo disse...

Um blog que se preze é sempre actual e não tem fins de semana...
Vamos lá colocar temas desafiante para a malta poder comentar...
Calaceiros!!!!!!