quarta-feira, março 22, 2006

O Março de 2006


Como já perceberam, tenho estado por fora, mais precisamente por terras de França.
E Paris continua uma festa!
E, fundamentalmente, revela uma capacidade de mobilização que admiro nos Franceses desde a Célebre Revolução.
Admiro um povo com capacidade de indignação.
Um Povo que se recusa a aceitar as coisas que considera erradas.
É claro que não aprecio os actos de vandalismo.
E por essa razão, nem me parece justo queimar carros e partir cidades, como também não me parecem justas leis altamente discriminatórias como é o caso do "CPE".
E o poder... exactamente porque detém autoridade, quando mal conduzido, pode ser bem terrorista.
É que é de suprema injustiça para todos os que têm menos de 26 anos poderem ser despedidos de forma arbitrária... como é terrível para os que têm mais de 26 saberem que os patrões tipo "pato bravo" passarão a contratar apenas os despedíveis.
Há ainda outra coisa que admirei nestes dias em que assisti a muitos debates na TF1, a forma como gente de todas as proveniências aderiu à contestação.
Portugueses, Argelinos, Marroquinos, Franceses, Italianos e muitos, muitos outros. A Sharon Stone é um exemplo muito interessante... que não pude deixar de apreciar...
Ainda mais curioso... a principal líder (é verdade trata-se de uma mulher!) é uma jovem de origem Magrebina e não se cansa de fazer apelos à contestação pacífica.
Revoltante é a falta de capacidade de dialogo do Senhor D. Villepin, que, contra a vontade dos seus parceiros do poder, se recusa sequer a considerar a possibilidade de discutir o assunto.
Parece-me que o senhor ainda não percebeu o destino dos reis sóis em fim de carreira.
E para além de tudo isto... Paris é sempre Paris! Uma festa!

5 comentários:

Sulista disse...

Eduardo Leal,
Welcome back! ou bian revenu ;-)

Sobre isto já falei lá no "Paris is on fire" mas gostei de ler este post de quem presenciou a 'coisa' ao bibo e a cores ;-)

À bientôt!

vatamico disse...

Ora seja bem aparecido sr. Eduardo Leal! Estavamos todos a aguardar noticias fresquinhas de Paris de França. Ainda bem que foste de avião porque de carro é perigoso! È que aqueles jovens que lutam pelo que acreditam só não controlam é os isqueiros!

blogoexisto disse...

Excelente post (como sempre, aliás)!
Viva o Direito à Indignação: VIVA!
Viva a capacidade de mobilização: VIVA!
Abaixo o vandalismo: ABAIXO!
Abaixo o(s) rei(s) sóis: ABAIXO!

Vive La France!

JL disse...

Mais um escrito fantástico. Que dizer? Paris é uma cidade fantástica... Em todos os aspectos!

Arrebenta disse...

Paris é a festa que anuncia o Paradigma Chinês... :-\