quinta-feira, outubro 05, 2006

Vem aí o vale tudo


Estou pasmo!

Na diocese de Coimbra, alguns Abortos, maiores e vacinados entendem que podem usar de qualquer arma para fazer uma lavagem às inocentes cabecinhas dos paroquianos.

Vai daí, lembraram-se de algo que só visto:
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?section_id=13&id_news=245523

Usaram uma foto de uma criança já com um mês de idade (PORTANTO JÁ NASCIDA) e que, por acaso infeliz - só pode! - calha ser filho de uma das primeiras subscritoras de uma petição pró despenalização.

É por isso que estou pasmo!

E é também por isso, a somar a tantas outras atitudes e gestos infelizes, que, desta vez, eu acredito que a maioria dos Portugueses vai dizer basta à condenação de um acto que apenas diz respeito á consciência de cada um.

Não nos esqueçamos nunca que os autores desta última gracinha da foto mal escolhida devem ser os mesmos que acham o preservativo uma invenção do inferno e apenas aconselham o coito interrompido como método de planeamento familiar.

Tenham dó!!! Se não sabem viver em sociedade... ao menos saiam de cima!

4 comentários:

Sulista disse...

AHAHAHAHAHAHAHAH !!!
...de facto, isto só visto!

E que eloquência nas palavras amigo!
;-)

Anónimo disse...

Eu sou a favor do infanticídio ou melhor do "adolescenticídio" pois é nesta idade que a grande maioria dos fetos dá verdadeiras dores de cabeça às progenitoras (só a elas, porque os pais-machos não têm que ter opinião, por issso - pró caralho que os foda!).Acho que não se podia usar vernáculo (!) mas já está escrito, paciência.

Oscar

al cardoso disse...

A Santa Igreja Catolica Apostolica e Romana no seu melhor.
D*us tenha compaixao de nos.

Um abraco serrano.

Bel disse...

Independente de opinião de cada um, é essencial respeitar essa opção.

O novo referendo aproxima-se quem sabe não ha uma maioria que deixa de ser hipócrita e se apercebe que nuinguem devia ser condenado por cometer um aborto, por nao querer um filho. Acho que quando alguém faz um aborto deve sentir isso pesarosamente para o resto da vida por isso acho terrivel alguem ainda s esentir no direito de apontar o dedo.
Acho no entanto um verdadeiro testemunho do terceiro mundo falar-se em aborto quando não se fala em prevenção.
Eu gostaria que todos se apercebessem quais as formas de não engravidar assim evitariamos muitas historias tristes

cumprimentos