sexta-feira, agosto 03, 2007


Fico doente com esta estória de ver Portugal a arder...

É o sinal mais que claro que este País é de palha!
Que este País não tem solução à vista!

Um País onde todos sabem o porquê das coisas e onde todos enterram a cabeça na areia durante 9 meses enquanto nos 3 restantes se assobia para o ar, com os pés na água do mar com o País profundo a consumir-se em chamas.

É o fado dos bombeiros em correrias desenfreadas para evitar que arda hoje a floresta que arderá amanhã.
É o fado das teorias sobre a reflorestação, sempre anunciada e todos os dias adiada para quando não for mais que "florestação".

É o fado dos culpados e das vítimas...
Dos que perderam tudo por terem tudo nos locais mais inimagináveis!

A guerra das celuloses contra os parques nacionais...
A guerra da construção sem ordem contra os PDM's e as áreas protegidas.

São os lobbys dos materiais de combate ao fogo, de aviões de aluguer contra a limpeza das matas, os planos de protecção ambiental...

E outros interesses... muitos e mesquinhos... de gente que gosta de ver arder...

Portugal tem uma especialidade: Assassinar galinhas de ovos de ouro!

Quando não houver mais nada para arder... nem o lixo que fazemos... pode ser! Pode ser que Portugal seja possível!

4 comentários:

GP disse...

Palavras excelentes! É isso mesmo...
Será que Portugal ainda é possível?

Um beijo

Anónimo disse...

gandas ferias!

al cardoso disse...

D*us permita que ainda possa ser possivel!!!

Concordo com tudo quanto escreveu!

Um abraco do d'Algodres.

Um Ar De... disse...

O D. Dinis, ou lá quem o aconselhou, mandou plantar o pinhal de Leiria.
Agora, deve ser mais do tipo "mata" de Leiria...
É, Portugal está no mato sem cachorro!...
E nem estou a ver como é que o cidadão, mais ou menos educado, cada vez mais empobrecido, poderá contribuir para mudar alguma coisa.
Começo a dar razão a quem assim acha: "Portugal is a country ready to be downloaded"...